MARKETING DE PERSONALIZAÇÃO

 

Como começar um MKT personalizado? Seguem algumas dicas!

1. Usar dados comportamentais para analisar as jornadas do cliente: Organizar
os dados comportamentais agrupando clientes, como pacientes que
realizam determinado procedimento com frequência.

2. Entender a jornada do cliente: Série de interações que um cliente faz
com a clínica, desde a consideração inicial até a repetição de procedimentos.
Combinar segmentos e jornadas do cliente cria micros segmentos, e isso é
um passo em direção à personalização.

3. Ouvir os sinais dos clientes e responder rapidamente: Quando os clientes
fornecem sinais sobre suas intenções, devemos estar preparados para
responder imediatamente com uma mensagem relevante conhecida como
“gatilho”. As mensagens de gatilho podem ser qualquer combinação de
imagens ou ofertas para corresponder à situação. Desenvolver o gatilho
certo envolve combinar a solução criativa de problemas com análises. Por
exemplo: Poderia enviar uma mensagem sugerindo um conjunto de
procedimentos relacionados.

4. Construir uma equipe pequena e dedicada: Ter as pessoas certas para fazer
a transição do marketing para um foco em gatilhos personalizados. O
objetivo deve ir além das visualizações de página e cliques para resultados
reais de negócios.

5. Focar em processos e tecnologia para ajudar as equipes a trabalharem mais
rápido: Os processos são fundamentais — eles permitem que as equipes
misturem e combinem rapidamente cópias, conteúdo criativo e modelos para
descobrir o que funciona e o que não funciona.

 

Gostou dessas dicas? Teremos mais, todas as segundas feiras.