SER CRIATIVO COM A EXPERIÊNCIA DO PACIENTE

Como ser criativo com a experiência do paciente?

Essa é uma questão que sempre buscamos e envolve pensar
fora da caixa e encontrar maneiras inovadoras de melhorar a
jornada do seu paciente.

Separei algumas sugestões que podem te ajudar:

1. Boas-vindas personalizadas: Criar uma recepção
calorosa e personalizada para os pacientes quando eles
chegam à clínica. Cumprimentá-los pelo nome, oferecer uma
área de espera confortável com bebidas. Pensar com cuidado
na sua playlist, de acordo com o perfil do seu paciente.

2. Ambiente: Projetar o ambiente físico da sua clínica para
promover o relaxamento e reduzir o estresse. Cores suaves,
assentos confortáveis, iluminação natural.

3. Canais de Comunicação: Oferecer múltiplos canais de
comunicação para que os pacientes interajam com sua clínica.
Além dos métodos tradicionais, como telefone e e-mail,
considere implementar bate-papo ao vivo em seu site ou um
número de celular dedicado para agendamento de consultas,
lembretes de medicamentos e acesso a registros médicos.

4. Educação do paciente: Desenvolver materiais educativos
para o paciente em vários formatos, como folhetos, vídeos ou
conteúdo digital interativo, para capacitar os pacientes com
conhecimento sobre suas condições de saúde, opções de
tratamento e cuidados preventivos.

5. Feedback do paciente: Buscar ativamente o feedback
dos pacientes para entender suas necessidades, expectativas
e áreas de melhoria. Realizar pesquisas, entrevistas ou grupos
focais para obter insights. Usar esse feedback para
impulsionar mudanças e aprimoramentos nos serviços e
processos da sua clínica.

6. Colaboração e Coordenação: Promover a colaboração e
a coordenação contínuas entre os profissionais de saúde
envolvidos no cuidado de um paciente. Utilizar a tecnologia
para compartilhar informações de pacientes com segurança,
melhorar a comunicação entre provedores e garantir uma
experiência de atendimento coesa em diferentes
especialidades ou departamentos.

7. Equipe de apoio: Treinar sua equipe para fornecer
cuidados empáticos e compassivos. Incentivar a escuta ativa,
a comunicação clara e a pronta resposta às necessidades do
paciente.

8. Engajamento com a comunidade: Envolver-se com a
comunidade local por meio de feiras de saúde, workshops ou
programas de extensão. Oferecer exames de saúde gratuitos
ou sessões educacionais em parceria com organizações
locais ou escolas.

9. Acompanhamento pós-visita: Implementar um sistema de
acompanhamento pós-visita para verificar o bem-estar dos
pacientes, abordar quaisquer preocupações ou dúvidas e
coletar feedback sobre sua experiência.

10. Melhoria deve ser contínua: Avaliar regularmente as
métricas de satisfação do paciente, analisar o feedback e a
eficácia de suas iniciativas de experiência do paciente.
A criatividade na experiência do paciente requer uma
compreensão profunda das necessidades e preferências de
seus pacientes.

Envolver sua equipe nas reuniões com trocas de experiências, ouvir e
incentivar suas contribuições e promover uma cultura de
inovação para evoluir continuamente e fornecer atendimento
excepcional.

E uma coisa que sempre falo: De vez em quando sente-se na
sua sala de espera, observe se está tudo certo, faça o caminho
do seu paciente e observe como você se sente!

E me conta: Qual foi a última vez que você se sentou na sua
sala de espera?

Texto desenvolvido por: Bianca Imbroisi